sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Parque registra onça-parda com leucismo

Puma

A equipe do Parque Nacional da Serra dos Órgãos divulgou, na semana passada, fotos de um indivíduo de onça-parda (Puma concolor) com leucismo. O leucismo é uma alteração genética que causa a despigmentação dos pelos de parte ou todo o corpo do animal. Ao contrário do albinismo, o leucismo não afeta a íris e outras partes sem pelo no animal e não confere maior sensibilidade à luz do sol.

Trata-se do primeiro registro de leucismo em onças-pardas no mundo. Este tipo de alteração é raro em mamíferos, já tendo sido registrado em tigres e leões. O ineditismo do registro fez com que a foto viralizasse na internet, assim que foi publicada no perfil do Instagram de um dos coautores do trabalho, Lucas Gonçalves, da UFRPE.

O registro foi feito em armadilhas fotográficas usadas no projeto de pesquisa “Inventário e monitoramento de mamíferos de médio e grande porte no PARNASO”, coordenado pela servidora e pesquisadora Cecilia Cronemberger de Faria. Este projeto foi financiado pelos editais internos de pesquisa do ICMBio nos anos de 2010, 2011 e 2012, e contou com o apoio do Centro Nacional de Pesquisas e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap) e do Laboratório de Vertebrados da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Além disso, o projeto recebeu bolsas de iniciação científica do PIBIC/ICMBio nos anos de 2010, 2011 e 2012. Atualmente, o projeto faz parte do Programa de Monitoramento de Biodiversidade do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Programa Monitora). 

Cecília Cronemberger atualmente está cursando o doutorado, no qual pretende avaliar e propor melhorias ao Programa de Monitoramento de Biodiversidade no Parque. Segundo Cecília, a visibilidade que o registro ganhou pode ser muito útil para conseguir financiamento para as atividades de monitoramento no Parque e para mostrar a importância de manter o monitoramento da biodiversidade em unidades de conservação. “O monitoramento tem o objetivo de acompanhar e compreender as flutuações das populações de espécies que ocorrem na unidade de conseervação, mas também favorece descobertas como essa, tão valiosas para a ciência”, ressalta Cecília.

O artigo científico, que será publicado no próximo número da revista Cat News, além da servidora Cecília Cronemberger, conta com a participação da servidora Ana Elisa de Faria Bacellar e da ex-bolsista do Programa PIBIC/ICMBio, Fabiane de Aguiar Pereira, atualmente funcionária do Parque Serra dos Órgãos.

(Fonte: site do ICMBio)

Aplicativo monitora andadas reprodutivas de caranguejo


aplicativoRemar

aplicativoRemarr


Qualquer cidadão pode pegar o celular, baixar, e abrir o aplicativo do Remar_Cidadão, informando se viu caranguejos-uçá ou guaiamuns. Assim, marca a data da observação em um calendário, registra o local da ocorrência e envia as informações, se tornando um cientista-cidadão. Com isso, a pessoa ajuda na pesquisa, gestão e conservação de duas espécies com extrema importância ecológica, que sustentam milhares de extrativistas.

As informações servem para auxiliar os pesquisadores da REMAR a elaborar previsões certeiras das datas de ocorrência de andadas e com isso orientar a criação de defesos adequados em todo o Brasil.

Os defesos são importantes porque, durante as andadas, caranguejos e guaiamuns saem em massa de suas tocas para procurar companheiros para acasalamento. Justamente neste período reprodutivo, essencial para a perpetuação das espécies, estes crustáceos ficam mais vulneráveis e podem ser facilmente capturados por qualquer pessoa.

Atualmente a captura de caranguejos é proibida em torno da lua cheia e da lua nova, porém, nem sempre as andadas ocorrem nestas duas fases lunares. Quando os defesos ocorrem em períodos em que não há caranguejos andando, extrativistas são injustamente impedidos de trabalhar e surgem conflitos. Para solucionar este problema é preciso entender as ligações entre o comportamento reprodutivo dos caranguejos e diferentes ciclos da lua e do sol, para poder prever exatamente quando as andadas ocorrerão ao longo dos 7.500 km de litoral do Brasil.

Embora atuem em vários locais realizando monitoramentos técnicos em campo, os pesquisadores da REMAR não conseguem monitorar toda a extensa costa brasileira e, por isso, têm contado com a colaboração de extrativistas, gestores, membros de conselhos de UCs e cidadãos em geral, que vêm fornecendo preciosas informações sobre ocorrências de andadas através do REMAR_Cidadão. Somente na estreia do aplicativo, na temporada de 2017-2018, a rede recebeu 300 submissões vindas de 15 dos 16 Estados brasileiros que abrigam estas espécies de caranguejo. Nesta temporada de 2018-2019, esperamos conseguir ainda mais contribuições.

Esta união de esforços mediada pelo avanço tecnológico de um aplicativo inovador para celular estará, em última análise, contribuindo para a perpetuação da cultura milenar de coleta de caranguejos e para a melhora da qualidade de vida das populações tradicionais envolvidas.

O REMAR_Cidadão é um aplicativo Android e pode ser baixado gratuitamente no Google Play Store (Palavra de busca: REMAR). As informações são enviadas diretamente para um banco de dados da Rede de Monitoramento de Andadas Reprodutivas de Caranguejos (REMAR), uma rede de pesquisadores de oito estados do Brasil, coordenada pela Universidade de Edimburgo Napier/ St Abbs Marine Station (Escócia) e pela Universidade Federal do Sul da Bahia.


De Norte a Sul, instituições dos pesquisadores colaboradores da Remar são:

Universidade de Edimburgo Napier/St Abbs Marine Station (Escócia), Universidade Estadual do Amapá – UEAP, Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais / ICMBio, Universidade Federal do Pará – UFPA, Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, Universidade Federal de Sergipe - UFS, Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB, Universidade Federal do Espírito Santo – UFES, Universidade Federal do Paraná – UFPR, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC.
De Norte a Sul, Unidades de Conservação onde a Remar vem atuando: 
Estação Ecológica de Maracá-Jipioca (AP), Reserva Extrativista Marinha de Soure (PA), Reserva Extrativista de Caeté-Taperaçu (PA), Área de Proteção Ambiental da Barra do Rio Mamanguape (PB), Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais / ICMBio (PE), Reserva Extrativista do Cassurubá (BA), Reserva de Desenvolvimento Sustentável Municipal Piraquê-açu e Piraquê-mirim (ES), Estação Ecológica de Guaraqueçaba (PR), Área de Proteção Ambiental de Guaraqueçaba (PR), Parque Nacional do Superagui (PR), Estação Ecológica de Carijós (SC)



Mais informações sobre o aplicativo: Anders Schmidt (anders.schmidt@cpf.ufsb.edu.br) e Karen Diele (K.Diele@napier.ac.uk)


(Fonte: site do ICMBio)

Ministério do Turismo inaugura centro de exposição em Natal (RN)

14.12.2018 Ponte Forte Redinha Natal Ney Douglas1

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, participa neste sábado (15), da solenidade de inauguração do principal projeto custeado pelo MTur no Rio Grande do Norte. A reforma e ampliação do Centro de Convenções de Natal, executada em cinco anos, aumentou a área construída do espaço de 14.250 m² para 23.640 m², viabilizando a realização de eventos com até 12 mil participantes - o dobro da capacidade atual. O projeto faz parte do Programa Avançar, do governo federal.

Executada em parceria com as secretarias estaduais de Infraestrutura e de Turismo, a obra recebeu R$ 30 milhões do Ministério do Turismo e R$ 10 milhões de contrapartida do estado. “O Brasil é muito conhecido como um destino de lazer, mas queremos ser cada vez mais reconhecidos como destino de negócios e para que isso aconteça temos investido fortemente na construção e ampliação de centros de convenções por todo o Brasil”, explica o ministro. Com a requalificação do espaço, a estimativa é que a receita obtida com a atração de eventos de grande porte em Natal chegue a R$ 5 milhões por ano, mais que o dobro dos atuais R$ 2 milhões.

O espaço de eventos da capital potiguar está entre os projetos prioritários de infraestrutura tutística apoiados pelo MTur, em 2018, em todo o país. Ao todo, a Pasta investiu R$ 103 milhões na construção, reforma e compra de equipamentos para centros de convenções, viabilizando a ampliação do turismo de negócios e eventos em centros urbanos de médio e grande porte.

Segundo levantamento do Ministério do Turismo divulgado em maio, 15,6% dos turistas internacionais que estiveram no Brasil em 2017 vieram motivados por negócios, eventos ou convenções. Os principais destinos foram: São Paulo (44,4%), Rio de Janeiro (23,6%), Porto Alegre (4,2%), Curitiba (4,1%), e Brasília e Campinas (com 3,3% cada).

No ranking da Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA, em inglês), o Brasil é o país da América do Sul que mais realiza congressos internacionais, além de ser o único sul-americano no ranking dos 20 principais destinos em número de reuniões organizadas em 2017, ocupando a 16ª posição. "O número comprova o potencial do país como destino de negócios. Vamos investir para continuar avançando e consolidando nossa liderança nesse segmento", finaliza o ministro Vinicius Lummertz.

(Fonte: site do Ministério do Turismo)

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Embraer abre exposição em Guarulhos para comemorar 50 anos

Instalação artística conta com obra em alumínio que recria três flores dente-de-leão a partir de 480 maquetes brancas do Bandeirante, primeiro avião da Embraer


O Instituto Embraer inaugurou nesta semana a instalação artística nomeada "O Primeiro Sopro", no terminal 3 do aeroporto de Guarulhos. O objetivo é celebrar os 50 anos do avião que marcou o início da história da maior fabricante de aeronaves brasileira: o Bandeirante, ou apenas EMB-110.

Com quatro metros de altura e quase cinco de largura, a instalação tem como intuito contar, de maneira lúdica, a história da inserção do Brasil em uma posição de destaque na indústria aeronáutica global, resultante da criação da Embraer e de sua primeira aeronave, contou a diretora e superintendente do Instituto Embraer, Rosana Aguiar. A obra estará exposta até fevereiro de 2019 na área de check-in do terminal, onde o aeroporto estima que passam 100 mil pessoas diariamente.

“O Bandeirante é mais que uma aeronave, é a expressão do talento do nosso povo, ao unir criatividade, ousadia e competência técnica, abrindo caminho para o desenvolvimento da Embraer e da indústria aeronáutica brasileira", declarou Rosana.

Para passar a mensagem, os dois artistas Marko Brajovic e Carmela Rochaem criaram uma escultura de alumínio que recria três flores dente-de-leão a partir de 480 maquetes brancas do Bandeirante. “O voo inaugural do Bandeirante foi o primeiro sopro dado para que a indústria aeronáutica brasileira se proliferasse pelo mundo, assim como um dente-de-leão espalha suas sementes pelo ar. Por isso a escolha dessa flor, que desperta memórias afetivas da infância relacionados ao sopro de um dente-de-leão”, explica Brajovic.

Os viajantes que passarem pelo Aeroporto de Guarulhos no período da exposição poderão tirar fotos com as miniaturas dos aviões Bandeirante em tablets equipados com tecnologia de realidade aumentada, disponibilizados pela Embraer.


(Fonte: site Panrotas)

Orla do Atalaia em Aracaju ganha iluminação alusiva ao "Natal Luz"



O acendimento das luzes que decoram o local, deu início a mais uma etapa do Natal Iluminado 2018. A ornamentação dos 4 km de extensão do canteiro da avenida Santos Dumont e de outros pontos, como os Arcos da Orla, foi concretizada através da parceria firmada pela Prefeitura com entidades ligadas ao trade turístico, com a Federação do Comércio de Sergipe (Fecomércio-SE), Energisa, Celse e o apoio do Governo de Sergipe.

A apresentação da Banda de Música da Polícia Militar de Sergipe deu o tom para o início da solenidade. Logo após, o prefeito Edvaldo Nogueira, ao lado do presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira e de empresários ligados ao turismo, pressionaram o botão para o acendimento simbólico da decoração.

“A decoração da Orla é a continuidade de um sonho que alimentei lá atrás, quando fui prefeito de Aracaju pela primeira vez e comecei a colocar em prática o Natal Iluminado. Esse sonho foi ceifado por quatro anos, mas ao retornar à Prefeitura para cumprir meu terceiro mandato, coloquei como meta sua retomada. Como havia um grande obstáculo, a situação financeira da administração, me dediquei e, nesse caminho, encontrei parceiros que me deram as mãos. No ano passado demos os primeiros passos e nesse ano, essa parceria se fortaleceu. Novos parceiros se somaram a nós e hoje caminhamos para a concretização desse sonho”, destacou o prefeito Edvaldo Nogueira.

O diretor regional da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), Otávio Meira Lins, responsável por capitanear o projeto, avaliou a participação da Prefeitura no Natal Iluminado da Orla como fundamental. “Pedimos ao prefeito Edvaldo Nogueira para a gestão se unir a nós já na reta final e tivemos a sorte dele colaborar e comprar a ideia. A proposta é que esse evento se torne algo ainda maior, com a formação do calendário turístico de Sergipe, tendo sido escolhido o Natal Iluminado como ponto de partida pela proximidade. Mas para 2019, estamos preparando outras novidades, entre elas o São João”, ressaltou.

(Fonte: site Diário do Turismo)

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Praia do Leão ganha novo posto de informação

parna marinhodefernandodenoronha Fabiana Bicudo


O Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha vai inaugurar amanhã (06) um novo posto de informações na Praia do Leão. A estrutura está prevista no contrato de concessão da unidade, que prevê postos de informação e de controle para melhor auxiliar o turista. A inauguração deve contar com a presença do Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte.

A estrutura é toda auto-sustentável: feita em madeira, a energia é gerada por placas solares e dispõe de banheiros “secos”. Como a região não dispõe de abastecimento e rede de esgoto, nesta modalidade, os resíduos sólidos são tratados via compostagem. Já a água é disponibilizada via captação e armazenamento das águas de chuva.

Além de uma pequena base, onde o turista pode encontrar informações sobre a área com interpretação ambiental, haverá uma estrutura de apoio com passarela suspensa e acessível a pessoas com necessidades especiais.

Atualmente, o visitante adquire uma entrada com um código de barras que garante o acesso a partes do parque. Com o posto de informação e controle, a equipe deve garantir o acesso aos portadores do ingresso, saber informações de dias e horários de visitação e também educar a conduta do visitante, já que a praia é muito visada por ser um dos únicos pontos de banho com o mar de fora. 

O local também possui uma importância enorme para a conservação pois é um ponto de desova da vulnerável tartaruga-verde (Chelonia mydas), espécie que só se reproduz em ilhas oceânicas. A Praia do Leão foi o berço do reconhecido Projeto Tamar e um dos embriões do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.

(Fonte: site Diário do Turismo)

Turismo de Foz do Iguaçu recebe novos atrativos e investimentos


Turismo de Foz do Iguaçu recebe novos atrativos e investimentos


O turismo em Foz do Iguaçu segue crescendo acima da média nacional, superando recordes. As expectativas são maiores para a alta temporada, de dezembro a janeiro de 2019 com três grandes atrações anunciando agora investimentos e melhorias.

Representantes do Parque Nacional de Iguaçu, que abriga as cataratas, o marco de três fronteiras e o Complexo Turístico de Itaipu detalharam as novidades para o Conselho Municipal de Turismo.

No Parque, a expectativa é de receber 300 mil visitantes na alta temporada. Entre os novos produtos estão programações especiais, reestruturação de roteiros, horários ampliados e a implantação do Laboratório de Turismo Sustentável.

“Cada real gasto em turismo passa por tantas outras atividades, beneficiando Foz do Iguaçu como um todo. O Comtur acolheu as propostas de melhorias e se colocou como parceiro. Esse trabalho conjunto entre os setores privado e público faz toda a diferença para que o nosso turismo siga crescendo”, disse o presidente do Comtur, Carlos Silva.
Novidades a vista

No Marco das Três Fronteiras, a novidade fica por conta da inauguração de uma nova estrutura voltada para a alimentação dos visitantes. O espaço será aberto no dia 20 de dezembro e o horário de atendimento será das 10h às 22h.

No Complexo Turístico Itaipu foram lançados ontem (5) os seguintes espaços: Itaipu Tecnologia – Biogás; Itaipu Tecnologia – Segurança de Barragem; e Itaipu Kids, focado no público infantil. Também foi retomado o combo que reúne visita à iluminação e jantar.

Outra atração do Parque Nacional do Iguaçu, a Trilha do Poço Preto, passará por consulta pública neste mês de dezembro. A idéia é reunir novas opções ao visitante, mantendo o passeio de barco pelo Rio Iguaçu, mas com novo atrativo, com maior contato com a floresta e com outra parte do Rio.


(Fonte: site Diário do Turismo)

Calendário de eventos de dezembro celebra o natal em todo o Brasil

05.12.2018 Natal alexregis


O clima já é de Natal por todo o Brasil. E na capital que leva a festa no nome – Natal, capital do Rio Grande do Norte – há um mês inteiro de festas e eventos culturais, até a virada do ano, em homenagem ao aniversário da cidade, no dia 25. Os festejos se concentram no entorno da Árvore de Natal, mas o calendário inclui até um carnaval fora de época, o Carnatal, de 13 a 16 na Arena das Dunas. A 27ª edição da micareta antecipa a abertura da temporada de verão, atraindo turistas do Brasil e do mundo para a capital potiguar.

Do Natal Luz de Gramado ao Sonho de Natal da vizinha Canela, na Serra Gaúcha, a festa aquece o turismo nas noites natalinas mais tradicionais do Rio Grande do Sul, reunindo cerca de 2 milhões de visitantes atraídos por mais de 500 eventos que movimentam o turismo da região. Já o Natal Imperial de Petrópolis (RJ) é um convite ao turista que deseja conhecer os atrativos históricos da cidade que era a favorita da família real brasileira.

Dezembro traz também eventos relacionados a fenômenos naturais em destinos de ecoturismo, turismo de aventura e esportes radicais no Brasil. A cidade de Chapadão do Céu (GO), por exemplo, é o ponto de partida para visita aos atrativos naturais do Parque Nacional das Emas, onde nessa época é possível apreciar a beleza e encanto da bioluminescência. O fenômeno acontece por conta de uma espécie de vagalume que deposita seus ovos nos buracos dos cupinzeiros. Mesmo em estado de larvas, os vagalumes já emitem luz e brilham para atrair insetos, deixando a noite repleta de pontos brilhantes em um cenário natural de beleza incomparável.

Até o dia 8, há programação dedicada aos festejos religiosos em homenagem a Nossa Senhora da Conceição, padroeira da Bahia, do Amazonas, e de capitais como Manaus, Aracaju (SE), Teresina (PI), Cuiabá (MT) e Belo Horizonte (MG), além de centenas de cidades brasileiras. Em Salvador, as homenagens a Nossa Senhora da Conceição da Praia marcam o início das festas de verão, que só terminam com o carnaval. Até mesmo em capitais como Boa Vista (RR), São Luís (MA), Belém (PA), Maceió (AL), João Pessoa (PB) e Recife (PE), onde ela não é padroeira, o dia 8 é feriado local, dada a popularidade da santa. No Recife, milhares de fiéis e turistas aproveitam o feriado do próximo sábado e sobem o Morro da Conceição, em Casa Amarela.

Belo Horizonte (MG), por sua vez, realiza até domingo (9) a 29ª Feira Nacional de Artesanato. O evento expõe a produção artesanal sustentável como forma de estimular o consumo consciente e impulsionar, de forma criativa, o processo de transformação social, econômico e ambiental. A feira é considerada um dos maiores eventos do gênero da América Latina.

Em Brasília (DF) começa nesta quinta-feira (6) e vai até domingo (9) o Encontro da Folia de Reis, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, com a participação de mais de 20 grupos de foliões do DF e de outros estados. A programação conta com a celebração da tradicional missa sertaneja, apresentações de grupos de Folia de Reis, giro dos foliões, danças populares, oficina de viola, oficina de teatro popular para todas as idades, feira de artesanato, comidas típicas e shows populares.

Dezembro termina com as festas de Réveillon que celebram a chegada do Ano Novo por todo o Brasil. O ano ainda não acabou, mas os eventos de 2019 já podem ser inseridos no Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo, que tem como objetivo divulgar os eventos turísticos do páis e agregar valor à imagem dos destinos, além de fornecer informações de qualidade sobre a oferta turística nacional e que possam ser úteis ao turista no momento de planejar suas viagens.

As informações são coletadas de forma colaborativa com o apoio das secretarias estaduais e municipais e órgãos oficias de Turismo. Em caso de dúvidas, entre em contato com o Ministério do Turismo pelo telefone (61) 2023-8165 ou pelo e-mail produtos@turismo.gov.br


(Fonte: site do Ministério do Turismo)

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Parque Monte Roraima revitaliza trilhas

A ação foi baseada no Manual de Sinalização de Trilhas do ICMBio, que padroniza a sinalização das unidades de conservação do Brasil


monteroraimaa


A equipe de Uso Público e Negócios do Núcleo de Gestão Integrada (NGI) do ICMBio de Roraima deu início à primeira etapa da revitalização das trilhas do Parque Monte Roraima durante a Expedição ao Monte, no período de 10 a 20 de outubro de 2018.

Essa ação foi baseada no Manual de Sinalização de Trilhas do ICMBio, que padroniza a sinalização das unidades de conservação do Brasil. Foi feito um molde com o formato da bota e dentro a logo do parque, sendo pintada sobre a superfície rochosa ao longo da trilha, de forma a garantir uma melhor visibilidade do caminho a ser percorrido pelo turista ou guia.

A ideia foi sinalizar a trilha principal na cor amarela (conforme orientação do manual) que inicia-se no Vale dos Cristais, passa pelas proximidades do marco da tríplice fronteira entre Brasil/Venezuela/Guiana e finaliza na Gruta do Coati, que é o local onde os turistas acampam para pernoite, funcionando como uma espécie de “hotel” em cima do platô.

Nas próximas expedições pretende-se estender a sinalização para as trilhas secundárias com as cores verde, vermelho, azul e laranja, indicando os atrativos da parte do Brasil, como o Mirante do Cotingo, Mirante Sunrise, Mirante da Pedra do Gavião (BV1 – Marco Brasil/Venezuela1) e Mirante do Roraiminha (BG1 – Marco Brasil/Guiana1). Com o intuito de ordenar a visitação e minimizar os impactos decorrentes, serão implementadas obras de arte, como instalação de passarelas suspensas em alguns pontos para evitar o pisoteio e manter a vegetação intacta.


(Fonte: site do ICMBio)

Natal Lus de Gramado inicia programações da 33ª edição

Programação Natal Luz de Gramado 2018/2019


A 33ª edição do Natal Luz de Gramado deu seu pontapé na última quinta-feira, dia 25 de outubro. O Palácio dos Festivais recebeu um bom público para ouvir Orquestra Sinfônica de Gramado recitar clássicos como Bolero de Ravel e músicas natalinas, sob a regência do maestro Bernardo Grings.

Na plateia, estavam presentes o prefeito de Gramado, Fedoca Bertolucci, o Presidente da Gramadotur – autarquia municipal responsável pelo evento - Edson Néspolo e do diretor artístico Edson Erdamann.

O Natal Luz de Gramado durará 81 dias, indo até 13 de janeiro de 2019. O evento contará com muitos shows, espetáculos musicais, desfiles, paradas, concertos, teatros e mais de 500 apresentações natalinas.

Atraindo mais de 2 milhões de turistas todos os anos, o evento busca ratificar a força e dedicação da comunidade local para recepcionar seus visitantes, sempre buscando resgatar a verdadeira magia do Natal.

(Fonte: site Jornal de Turismo)